A fé diminui, mas como o sol depois da chuva, volta a brilhar | Mensagem diária 25/nov

Continuo me aproximando de Deus.
Quando surgem pessoas difíceis, eu imediatamente traço uma perspectiva de seus históricos e me torno mais tolerante. Em seguida me desligo e paro de sofrer por aquela situação.
Hoje sou capaz de manter o foco naquilo que realmente é importante para minha vida. Parei de desperdiçar minha energia odiando e ressentindo.
Vou construindo meus planos e executando meus projetos. Quando eles não têm o resultado que me agrada, me volto para Deus e entrego minha vida. Hoje tenho a fé necessária para saber que amanhã tudo pode ser diferente. Hoje tenho a fé para aceitar que o melhor está por vir. Muitos dos meus sonhos se tornaram realidade em sobriedade.
O trabalho dos 12 passos é árduo, mas perdi o medo de trabalhar. O resultado é uma vida segura e serena e ouço muito nas reuniões que não trocaríamos nosso melhor dia de insanidade nem por nosso pior dia em sobriedade.
Em alguns dias nossa fé diminui, mas como o sol depois da chuva, ela volta a brilhar. Para mim quando o dia termina, sei que vou dormir com uma prece e acordarei para meu primeiro compromisso do dia: prece e meditação. Nesse momento, me refresco e recupero minhas perspectivas, retomo meus propósitos e estou pronto para um novo dia.

Meditação para o dia
Foco na recuperação. E minha perspectiva de fé me sustenta, até o dia seguinte.

Narração – Christian Simon
Edição – Tuco Silva
Produção – Marta Lima

© Videobes 2016

Na Categoria Meditações
Assista Também

Deixe seu comentário

Facebook
Twitter