A natureza tem seus remédios amargos, que são poderosos | Mensagem diária 27/nov

Em sobriedade não estamos imunes aos acontecimentos desagradáveis da vida.
Passamos por dificuldades, sofrimentos e mesmo terrores extremos que desafiam nossa fé.
Mas saímos dessas experiências; cada vez mais fortalecidos. É um grande paradoxo acreditarmos que o melhor está por vir e termos que enfrentar amarguras e maldades de outros. Mas se enxergamos a figura por inteiro percebemos que tudo tem nos levado a um patamar superior de sobriedade.
Humanos que somos, podemos perder nossa fé e até ficarmos zangados com Deus por permitir que passemos por dissabores.
Sempre detestei ouvir os adultos falarem que é natural a dor do crescimento. Crescer não devia doer. Não devíamos sofrer pra conquistar o que desejamos. Foi quando compreendi a frase: “A dor é inevitável, mas o sofrimento é opcional”.
Sim os remédios deviam ser todos docinhos e fáceis de tomar. Mas a natureza tem seus remédios amargos, que são poderosos.
Então hoje bebo o remédio amargo sem me queixar e até com alegria na mais plena fé de que é minha cura. E sou grato pelo remédio. E sou grato pela cura.
Hoje me sinto um instrumento de Deus e quero ser produtivo por isso se passo por algum dissabor não me queixo. Eu aceito. Minha fé de que estou me aprimorando para melhor servir a Deus me sustenta e me alegra. Sempre surgiram bênçãos maravilhosas de meus infortúnios.
Alguns caminhos foram duros e minhas lágrimas legítimas. Mas todas as amarguras pelas quais passei se transformaram em felicidades que eu nem conseguia imaginar.

Meditação para o dia
Não preciso mais sofrer. Tenho fé. Essa dor também vai passar. E muitos milagres ainda hão de se revelar!

Narração – Christian Simon
Edição – Tuco Silva
Produção – Marta Lima

© Videobes 2016

Na Categoria Meditações
Assista Também

Deixe seu comentário

Facebook
Twitter