Avaliando meus sentimentos amargos | Mensagem diária 02/abr

Antes da recuperação eu me sentia desequilibrado; amargurado e cheio de raiva porque a vida não se apresentava como eu queria. As pessoas não faziam o que eu queria. Muitas vezes fui capaz de manipular os outros, de mentir para tirar vantagem ou encobrir minhas faltas. Mas tudo sempre voltava pra mim em forma de problemas maiores ainda. Casei precocemente achando que me livraria de uma família de malucos; e meu casamento foi um fracasso. Queria uma vida de conforto, sem ter que trabalhar e bater ponto; mas depender do dinheiro dos outros foi humilhante e só prejudicou minha autoestima já tão baixa. Queria fugir do medo das responsabilidades da vida adulta, mas; isso me levou a depender da opinião e decisões de outros; para os assuntos mais íntimos da minha vida.

Então me sentia vitimizado e achava que aquelas pessoas das quais eu dependia financeiramente não me entendiam. Eu era especial. Mais sensível. As ofensas e chamados de responsabilidade me machucavam mais do que a outros comuns.
Em recuperação fui convidado a avaliar cada sentimento amargo que eu tinha e verificar qual era minha participação nesses assuntos. Começava meu Passo 4.

Argumentava com minha madrinha que eu era inocente. Um prejudicado. Nada tinha feito pra ter sido tão massacrado por aqueles que deviam me proteger e me orientar.

Mas minha madrinha me ensinou que se eu estivesse disposto a construir uma vida espiritual, com o tempo eu veria minha vida com outra perspectiva. Devia confiar na orientação de Deus e procurar o quê modificar.

Lentamente foram surgindo soluções para dificuldades minhas, que antes me deixavam perplexo e confuso. Comecei a ver que eu tinha escolhas, que não precisava mais agradar aos outros pra que eles gostassem de mim e cuidassem de mim. Eu e Deus poderíamos cuidar de mim. Me sustentar com independência e tomar minhas próprias decisões. Precisava de muito menos do mundo material do que eu acreditava. Podia escolher uma vida simples e cheia de paz. Cheia de autonomia.

Estava crescendo espiritualmente.

Meditação para o dia:
O Passo 4 me permite conhecer meus assuntos e tomar decisões sábias.

Narração – Christian Simon
Edição – Antônio Leal
Produção – Marta Lima

© Videobes 2017

Na Categoria Meditações
Assista Também

Deixe seu comentário

Facebook
Twitter