Condicionava e adiava minha felicidade para conquistas | Mensagem diária 13/mar

A felicidade se define diferente para cada um. Na infância a felicidade para mim era a alegria do prazer. Depois na adolescência eu passei a adiar meus momentos de alegria a um futuro condicional: quando eu fosse adulto, quando me formasse, quando casasse. Então fiquei adulto me formei e me casei e vivia em permanente angústia e achava que não era feliz. Assim fui adiando minha felicidade para conquistas e sucessos imaginários. Quando eu fosse importante, reconhecido, rico, uma celebridade. Hoje percebo que eu apenas racionalizava minha infelicidade e justificava que só seria feliz se essas coisas acontecessem. Assim podia levar minha vida de miséria e não precisava fazer nada pra me modificar porque provavelmente minha realidade da época jamais iria mudar e eu seria sempre infeliz. E sendo infeliz eu podia acabar com minha vida. Ela não valia grande coisa mesmo.
Em reuniões voltei a ouvir o antigo conceito Disney de que a felicidade está dentro do coração. Achava que não era possível ser feliz com minha realidade pobre. E embora eu tivesse tido o casamento perfeito a casa perfeita e o bebê perfeitos, eu me sentia horrivelmente infeliz. Embora eu tivesse tido grandes sucessos e atingido várias das minhas metas, ainda assim eu não conseguia o prazer de me sentir feliz. Sempre tinha um problema urgente, um incêndio a ser apagado, uma briga, um drama e uma tragédia. Era impossível encontrar felicidade dentro do meu coração com aquela realidade faltando tanta coisa que eu queria e não conseguia ter.

Numa certa reunião alguém compartilhou um conceito novo pra mim de felicidade. Um paralelo entre o conceito de felicidade e sucesso que pra mim se misturavam.

“Felicidade é aceitar tudo o que tenho, e sucesso é ter tudo o que desejo.”

Descobri que pra ser feliz não precisava ter nada além do que já tinha. Era só ser grato por tudo o que eu já tinha. Nesse dia fiz minha primeira lista de gratidão.

Meditação para o dia:
Só por hoje, vou me reconciliar com minha realidade e revisitar minha lista de tudo o que já tenho para agradecer a Deus. E serei grato.

Narração – Christian Simon
Edição – Antônio Leal
Produção – Marta Lima

© Videobes 2017

Na Categoria Meditações
Assista Também

Deixe seu comentário

Facebook
Twitter