Estar em grupo nos torna mais fortes para vencer a doença | Mensagem diária 03/jan

Uma percepção interessante que tive dos 12 passos foi que eles estão escritos no plural e no tempo passado. Estão no tempo passado porque tudo o que desfrutamos dos passos hoje é resultado do que os fundadores fizeram para atingir e manter a distância da tirania que vivenciaram ao serem reféns de um vício. Eles se juntaram porque tinham passado pelos mesmos horrores e juntos conseguiam apoiar um ao outro na determinação de mudar suas vidas. Essa é a razão por estarem os passos no plural: porque somente em grupo é que nos tornamos fortes o bastante para manter essa determinação.

Então eles registraram por escrito tudo o que faziam para contribuir com a recuperação uns dos outros. Eles perceberam que estar em grupo os tornava mais fortes e que a doença os havia afetado física, mental e espiritualmente, levando-os a uma derrota completa e a uma total incapacidade de controlarem a si mesmos.

Para mim, que tive a grandiosa bênção de conhecer os grupos e a programação muito jovem, foi extremamente difícil admitir que eu não tinha controle sobre minha vida. Mas o fato é que eu não controlava sequer minhas finanças. Nem mesmo conhecia meu universo de necessidades materiais, afetivas, e espirituais. Eu vivia à mercê equivocada dos conceitos e crenças negativas acerca do mundo e de mim mesmo.

Achava que ninguém prestava, a começar por mim mesmo que tinha a necessidade de mentir o tempo todo para encobrir meu vício, e todas as vergonhas de ter familiares viciados; e o pior é que não me dava conta que mentia para mim mesmo.
Romper a negação foi o passo mais duro, mas estava em boas mãos porque tive ajuda dos companheiros e nunca mais precisei lutar sozinho.

Fui inspirado por aquelas pessoas que me transmitiram amor, fé e aceitação. E pela primeira vez na minha vida pude relaxar porque estava entre iguais. Eu achava que era o único a precisar esconder meu vício, minha família disfuncional, e meus defeitos. Achava que secretamente o mundo todo vivia uma farsa. Rompi a negação em direção à recuperação e hoje sou liberto. Com ajuda consegui compreender o passo1.

Meditação para o dia:

Perceber o que está errado é uma bênção. O passo 1 me prepara para recuperar o controle da minha vida. Admito o erro e começo a agir para a mudança.

Narração – Christian Simon
Edição – Tuco Silva
Produção – Marta Lima

© Videobes 2016

Na Categoria Meditações
Assista Também

Deixe seu comentário

Facebook
Twitter