Eu que acreditava tanto na meritocracia; era vítima de mim mesmo | Mensagem diária 27/ago

Ah a autocomiseração… Como usei esse defeito de caráter para me proteger no passado… Sentia um prazer enorme em ver como as pessoas sentiam pena de mim…e… somente por isso; me davam uma folga, um privilégio ou uma simples simpatia.
Eu que acreditava tanto na meritocracia; era vítima de mim mesmo, pois vestindo minha autopiedade eu conseguia inúmeros favores… entretanto… dentro de mim sabia… que não os merecia.
Achava que tinha direito de sentir pena de mim mesmo porque eu sofria tanto e ninguém me entendia…
Mas; sem perceber; ao usar essa máscara eu estava assinando publicamente meu fracasso minha incompetência e incapacidade de ser confiável e ouvia coisas como:
“Dá uma folga pra ele, ele é burro e não consegue” “Perdoa ele coitado passou por tanta coisa” Dá um desconto pro cara, ele é todo ferrado”
“Ele é assim mesmo, não dá pra confiar porque ele nunca pode confiar em ninguém”
“Deixa ele em paz porque ele nunca vai conseguir coisa melhor mesmo!”
Com o tempo, fui acreditando que era um fracassado, então pra que viver?
A depressão foi me paralisando e me invalidando. Os poucos que me amavam começaram a assumir minhas responsabilidades e tirar riscos das minhas mãos.
Eu não imaginava que ao bancar o esperto estava me auto sabotando.
Um ditado popular diz:
Se o malandro soubesse as vantagens de ser honesto, ele seria honesto só por malandragem.

Meditação para o dia
Deus pode remover tudo aquilo que você entregar com honestidade.

Narração – Christian Simon
Edição – Anderson Cavalcante
Produção – Marta Lima

© Videobes 2016

Na Categoria Meditações
Assista Também

Deixe seu comentário

Facebook
Twitter