Fui rompendo a barreira do medo e me comportando conforme minhas crenças | Mensagem diária 08/nov

Minha auto-afirmação era sempre sufocada pelo meu medo de desagradar os outros; levar a um confronto; provocar uma briga; despertar uma explosão de gritos; uma ameaça de abuso físico; medo da violência.
Nos grupos vi que tantos outros tinham sufocado suas preferências e opiniões por causa do medo. Eu não estava mais só. Fui rompendo a barreira do medo e me comportando assertivamente em minhas crenças. Se tinha que estabelecer um limite a algum comportamento abusivo infligido a mim, eu estabelecia o limite com calma serenidade, mas com firmeza e determinação. Não importava mais se minha atitude não agradasse ao outro. Eliminei abusadores e seus comportamentos nocivos para comigo. Sou eu quem decide com que pessoas eu me relaciono. Não preciso mais que todos gostem de mim. O que preciso é uma paz verdadeira e não uma paz a custa de submissão e degradação.
Assumindo pequenos riscos, fui edificando minha auto-estima e minha nova integridade eliminou minha postura de vítima. O ressentimento acabou e o ódio reprimido se desfez.
Com minha recém conquistada auto-afirmação comecei a atrair pessoas sadias e compartilhar os 12 passos com elas. E crescemos todos juntos.
Conquistei uma auto-afirmação sadia: a certeza interior de que independente do que me acontecesse; eu teria a capacidade de lidar e crescer com aquilo, sendo guiado por Meu Poder Superior.

Meditação para o dia
O milagre da recuperação me devolveu a vontade de viver e amar de novo!

Narração – Christian Simon
Edição – Tuco Silva
Produção – Marta Lima

© Videobes 2016

Na Categoria Meditações
Assista Também

Deixe seu comentário

Facebook
Twitter