Livre do medo. – 1ª Tradição @ Meditações

Tive uma experiência muito esclarecedora em um grupo. Um membro sugeriu que usássemos um livro que não era aprovado pela conferência para basear nossas reuniões. Assim que ele sugeriu eu fiquei ofendido e revoltado com a falta de bom senso do companheiro e muito irritado com sua ignorância de que é consenso nas reuniões do mundo todo que devemos nos ater à literatura aprovada. Gritei e esbravejei quando a votação foi a favor do companheiro desavisado. E passei dias; talvez semanas, em profundo ressentimento; tentando elaborar provas e argumentos que convencessem meus companheiros. Achei que se eu não conseguisse botar juízo em suas mentes; não ia mais poder participar daquele grupo que não seguia a mais básica das sugestões gerais.

Mas os grupos têm o direito de decidir o que quiserem e eu; mesmo estando com a razão; fui minoria, e todos concordavam em seguir aquele livro que me parecia herético. Eu tinha ficado de fora, com o ego e vaidade feridos.

Então lembrei de como aquele grupo tinha sido bom pra minha recuperação. De como eu gostava daquelas pessoas; e daquele lugar; e me veio à mente a TRADIÇÃO 1.

Mesmo errados; éramos um grupo de recuperação. E a unidade, o bem estar comum devia vir antes da minha ambição e vaidade de estar sempre certa.

Então fui à reunião de votação final e pedi desculpas a meus amigos com quem tinha sido grosseira defendendo minhas ideias. Foi muito divertido porque eles ficaram chocados e me contaram que estavam armados pra terceira guerra mundial pra me aniquilar. Retomamos nossa serenidade e unidade, porque consegui desinflar meu ego e concordar com algo que embora contrariasse meus princípios; servia para um bem maior.

O resultado disso é que em pouco tempo, aquele livro foi abandonado e voltamos ao nosso formato de reunião sugerido pela conferência no mundo todo. Novos consensos vieram e eu nem precisei me manifestar; o Poder Superior estava sempre cuidando do nosso grupo. E nada dependeu da minha força de vontade. Apenas segui a Tradição 1.

Meditação para o dia:
Tive medo do grupo se desviar. Mas minha fé nas Tradições manteve a paz. Praticando a Tradição percebi que estava preparada para compreender a Tradição 2.

Intérprete – Ludmila Olivieri
Direção – Christian Simon
Edição – Antônio Leal
Produção – Marta Lima

© Videobes 2017

Na Categoria Meditações
Assista Também

Deixe seu comentário

Facebook
Twitter