Me volto para Deus e pergunto o que Deus quer de mim | Mensagem diária 24/out

Desde criança eu queria fazer milhões de coisas, conhecer milhões de lugares, e ser milhões de coisas. Até entrar no programa, eu não sabia que o que eu queria na verdade, era ser amado. Achava que se tivesse muito dinheiro fama e valor eu mereceria ser amado.

Foi muito estranho receber amor sendo aquele lixo perdedor que eu era. Não fazia sentido, mas relaxei e aceitei todas aquelas orações, e toda a Judá bem intencionada dos companheiros. E aos poucos foi se tornando claro o que era prioridade pra mim.
Comecei a imaginar o que eu realmente queria dessa vida se tivesse todo o tempo e todo o dinheiro disponível.

Ficou claro que em primeiro lugar eu queria continuar a crescer espiritualmente e compartilhar o que estava aprendendo. É uma experiência muito prazerosa adquirir consciência de que não sou responsável pelo bem estar dos outros e foi com esse pensamento que pude assumir a responsabilidade com o meu próprio bem estar que antes eu negligenciava tentando agradar aos outros para ser amado.

Tentando ser e fazer o que eu achava que os outros queriam de mim. Em meus inventários diários me volto para Deus e pergunto o que Deus quer de mim. Mesmo que não tenha condições de executar a resposta, no momento; sei que continuo recebendo o amor de Deus através das relações sadias que construí.
Minha primeira responsabilidade é para comigo mesmo.

Meditação para o dia
Só posso modificar a mim mesmo, seria muita arrogância acreditar que posso obrigar os outros a serem sadios.

Narração – Christian Simon
Edição – Tuco Silva
Produção – Marta Lima

© Videobes 2016

Na Categoria Meditações
Assista Também

Deixe seu comentário

Top do Mês
Facebook
Twitter