Minhas orações e meditações me conectam a uma força misteriosa | Mensagem diária 19/jan

O propósito inicial da culpa tem uma utilidade positiva. É importante sentir tristeza ao ver que cometi erros, mas apenas o suficiente para percebê-los e repará-los antes que eles causem mais danos.

Em nossa condição de adictos, compulsivos e obsessivos, nós levávamos a culpa a um nível mórbido doentio e prejudicial. Isso pode ser corrigido. Verificamos que o equilíbrio mesmo de comportamentos negativos tem sua utilidade. Por exemplo; se não tivermos apetite, negligenciamos a nutrição de nosso corpo, mas ficamos atentos em que ponto nosso apetite ultrapassa sua fronteira e se torna em gula. Uma ambição sadia é importante para crescermos e prosperarmos, mas ficamos atentos em que ponto nossa ambição ultrapassa sua fronteira e se torna ganância. A culpa pode ser um sentimento sadio se impedirmos que ela ultrapasse sua fronteira e se torne auto martírio. Tudo pode der reparado. Acabou o tempo do drama e do tormento. Tudo pode ser administrado com calma e sensatez. E quando foge ao meu entendimento tenho meus amigos e todas as pessoas que me querem bem pra me ajudar. E a qualquer momento eu conto com Deus. Minhas orações e meditações me conectam a uma força misteriosa; mas real.

Em minha conversa sincera com Deus sou absolvido e perdoado.
Nos meus dias de adicto eu me considerava Deus e julgava e condenava a tudo e todos, mas isso sempre se voltava contra mim.

O passo 1 me ajuda a reconhecer limites. Fronteiras necessárias que estabelecem uma separação entre o que posso daquilo que não tenho qualquer poder. O passo 1 me ajuda a perceber que tentando forçar soluções me tornei insano e perdi o controle de mim mesmo. Esse controle pode ser recuperado. Quando reconheço essa dinâmica com humildade, estou pronto para o passo2.

Meditação para o dia
Aceito todas as bênçãos divinas! Nada devo a quem quer que seja. Sou merecedor!

Narração – Christian Simon
Edição – Tuco Silva
Produção – Marta Lima

© Videobes 2017

Na Categoria Meditações
Assista Também

Deixe seu comentário

Facebook
Twitter