Os 12 passos revolucionaram minha forma de perceber o mundo | mensagem diária 02/out

Quando conquistei minha liberdade dos vícios e das emoções negativas e quando me livrei das crenças negativas; comecei a me perguntar por que desperdicei tanto tempo com o que hoje percebo como tão inútil:
ressentir, odiar, rancor, raiva, inveja, vingança.
São objetivos de uma energia muito mal empregada.
Mas eu era um míssil teleguiado.
Com o ambiente em que fui criado, as crenças de meus antepassados, professores e minha estrutura frágil de um ego que não amadurecia, eu ficava estagnado me anestesiando com os vícios.
Os 12 passos revolucionaram minha forma de perceber o mundo. Aprendi um novo modo de vida. Esse modo de vida livre que eu acreditava que existia só em filmes.
Quando comecei a praticar os 12 passos estava tão perturbado que não tinha sequer paciência ou concentração para ler e escrever. Não tinha a menor condição de escrever meu passo 4 e como todo o adicto achei que podia contornar o passo 4 começando meu inventário pelo passo 10.
No início eu fazia em forma de diário e à medida que eu ia narrando os acontecimentos do dia começava a entrar em contato com minhas emoções, descrevendo-as e descobrindo várias técnicas para atingir o autocontrole.
Para mim funcionou. E como nos grupos tudo é sugerido; temos a liberdade de conceituar tudo o que é escrito, e tirar o melhor proveito. No início, eu tinha uma lista de críticas sobre tudo o que lia, mas com o amadurecimento fui aproveitando cada gota de sabedoria das leituras e dos compartilhamentos nas reuniões.
E o sentimento de liberdade foi crescendo. Hoje; se alguma crença negativa ou evento difícil retorna, sou capaz de imediatamente me voltar a Deus, inventariar e me libertar.

Meditação para o dia
O preço da liberdade é a eterna vigilância !

Narração – Christian Simon
Edição – Anderson Cavalcante
Produção – Marta Lima

© Videobes 2016

Na Categoria Meditações
Assista Também

Deixe seu comentário

Top do Mês
Facebook
Twitter