Os passos são para viver e as tradições para conviver | Mensagem diária 30/dez

No início eu me angustiava muito com as pessoas que eu detestava ver e ouvir nas reuniões. Eu gostava de ir pelas pessoas com que eu me identificava, mas sofria grande mal estar com algumas pessoas que eu julgava que não deviam estar ali atrapalhando a boa conduta dos companheiros honestos em melhorar.
Havia também uma mistura de todo o tipo de procedência. De milionários a mendigos. De carismáticos a misantropos, de sinceros a vigaristas mentirosos. Todo o tipo de religião ou ausência, ateísmo e até os que blasfemavam responsabilizando a Deus por suas desgraças. Houve dias em que me sentia assustado e ofendido nas reuniões e pensava que tinha saído pior do que quando havia chegado.
Bill W me tranquilizou quando escreveu que todos os que estavam nos grupos por outros motivos alheios a sua melhora, ou ainda com o específico propósito de destruir um grupo, são indivíduos que na realidade estão nos ensinado alguma coisa. E para isso temos as nossas 12 TRADIÇÕES.
Tive uma guinada em minha vida, quando cheguei atrasado em certa reunião que estudava tradições. Entrei desavisado e perguntei ao meu amigo sobre o que se tratava a reunião. Quando eu soube que era sobre tradições eu comentei com superioridade e escárnio que aquilo não ia me ajudar muito, porque já sabia as 12 tradições de cor e salteado.
Meu amigo, sem exibicionismo ou superioridade me respondeu serenamente:
“Fico feliz que você já saiba tudo de cor. Agora só falta: PRATICAR!”
Os passos são para viver e as tradições para conviver. Tenho aprendido lições extraordinárias de convivência com as tradições. E hoje eu as pratico.

Meditação para o dia
Posso fortalecer meus laços com os outros companheiros concentrando-me nas semelhanças e não nas diferenças.

Narração – Christian Simon
Edição – Tuco Silva
Produção – Marta Lima

© Videobes 2016

Na Categoria Meditações
Assista Também

Deixe seu comentário

Facebook
Twitter