Prosseguia fingindo que podia tudo | Mensagem diária 18/jul

Houve um tempo em que eu acreditava que podia ser perfeito.
Me rasgava inteiro pra fazer tudo certo porque se alguém me apontava um erro aquilo me machucava demais. Como minha auto-estima era tão pobre, eu jamais me dava o direito de errar. Sem perceber eu queria o lugar de Deus porque somente Deus não erra, não mente, não fraqueja, não falha…
Vivendo em tamanha prepotência o medo que eu sentia de falhar era insuportável. Eu ficava me martirizando imaginando todo o tipo de situação onde meu orgulho era ferido e minha farsa finalmente descoberta. Se eu magoava os outros, ignorava aquilo, e jamais admitia ter errado com alguém. Pedir desculpas, nem pensar! Seria uma fraqueza imperdoável.
E assim prosseguia fingindo que podia tudo, ignorando qualquer erro meu, apontando o erro dos outros pra que ninguém notasse os meus. Mas sabia que aquilo estava errado, estava apenas acumulando culpa para poder justificar minha má sorte (assim pensava eu, que tudo era falta de sorte) e me sabotar e me punir ou simplesmente poder reclamar dos outros e continuar com minha vida miserável, e a única coisa que me confortava era me deleitar com os vícios.
Quando entrei em recuperação, no início não fazia muito sentido praticar aqueles 12 passos. Mas como queria uma vida sóbria e a única garantia de mantê-la seria um novo modo de vida, comecei a dedicar certa energia para os passos.
Percebi sim que tinha cometido erros e provavelmente ainda os cometeria. Como lidar com essa culpa? Como me dar essa permissão para errar?
Me sugeriram fazer uma lista de pessoas a quem eu tinha prejudicado. Se mais tarde eu conseguisse me desculpar e fosse perdoado, eu descobriria o extremo prazer de ser perdoado, e começaria a me perdoar por tudo e meu relacionamento com Deus seria puro e confiável.
Meditação para o dia
Peça e receberá. Procure e encontrará. Bata na porta de Deus, e ela se abrirá!

Narração – Christian Simon
Edição – Anderson Cavalcante
Produção – Marta Lima

© Videobes 2016

Na Categoria Meditações
Assista Também

Deixe seu comentário

Facebook
Twitter