Quando atingi a maturidade, consegui me libertar do meu vício acumulador / meditação 21 julho

Em algumas lembranças de dores passadas, eu não conseguia recuperar exatamente o que tinha acontecido. Com o tempo percebi que isso não era importante. Também não era importante que eu soubesse há quanto tempo essas dores estavam me fazendo mal. O determinante foi que eu estivesse PRONTO para que tudo fosse removido. Então pequenos milagres começaram a acontecer. Alguém que contava uma história semelhante à minha, ou uma reportagem na TV ou uma obra escrita, um seriado, parecia que as verdades da vida haviam se descortinado diante dos meus olhos.
Certa vez um espinho entrou no meu dedo e eu não conseguia removê-lo de jeito nenhum. Foi preciso infeccionar e fazer uma grande ferida e um dia eu tirei a casca e surpresa, lá estava o espinho que havia me ferido tanto tempo. Hoje sendo adulto é claro que eu procuraria um pronto-socorro. Mas quando somos crianças sabemos muito pouco sobre solucionar crises.
Assim como aquele espinho eu tinha diversas caixinhas de dor dentro de mim. Fatos do passado que se reprisavam na minha mente. Quando atingi a maturidade, consegui me libertar do meu vício acumulador e me entreguei para que tudo fosse removido.
Na bíblia diz que Jesus expulsou demônios de uma mulher e o vazio deixado atraiu ainda outros piores. Essa é a razão pela qual eu não conseguia fazer uma limpeza. Intuitivamente eu temia que se me soltasse daqueles sentimentos outros piores poderiam tomar o seu lugar.
Por isso entendi que passar por essa vida usufruindo de bênçãos e maravilhas não é somente meu direito e sim um dever. O dever de contar a tantos quantos eu puder que existe uma força e um poder maior que alguns chamam de Deus.
Mesmo que eu não compreenda ou explique tudo, posso testemunhar que milagres de cura aconteceram na minha vida sem que eu possa determinar ou explicar.

Meditação para o dia
O poder que Deus tem de curar, recuperar e transformar minha vida, ultrapassa minha compreensão humana.

Narração – Christian Simon
Edição – Anderson Cavalcante
Produção – Marta Lima

© Videobes 2016

Na Categoria Meditações
Assista Também

Deixe seu comentário

Facebook
Twitter