Retorno a conexão com o Poder Superior | Mensagem diária 31/mar

Nas reuniões chamam o descontrole de “porre seco”. Ainda que não usemos nenhuma substância que altera nosso humor e ainda que estejamos precavidos de parar de tentar controlar os outros; se nos desconectamos do Poder Superior; nos tornamos alvos fáceis de recaída; porque todo o porre seco é seguido de uma “ressaca emocional”. É um estado de espírito em que descobrimos que embora tivéssemos abandonado os vícios; nossa vida não mudou. E ficamos deprimidos e com muita saudade dos vícios, porque afinal, todo o sacrifício em renunciar ao prazer e conforto imediato dos vícios; não serviu de nada.

Ao perceber o quanto eu gostava da minha ira, verifiquei que era um plano inconsciente para ter uma boa justificativa de recair nos vícios. Tinha saudade daquele prazer e daquela vida que; passado todos os problemas; me parecia boa e romântica. E quanto mais tempo em sobriedade eu decorria, mais eu me esquecia da miséria para a qual os vícios me levaram. Posso justificar minha raiva, mas não posso justificar uma recaída. E os companheiros sempre nos lembram no início que se acharmos que praticar os 12 Passos não nos ajuda, podemos a qualquer momento ter nossa miséria devolvida. Não quero mais aquela miséria. Viver com medo vergonha e culpa, foi meu inferno. Não quero esse inferno de volta. Sei que posso conquistar o autocontrole.

Faço caminhadas, corridas, conto até 10; respiro fundo, escrevo e desabafo. Converso com alguém da minha confiança e retomo minha conexão com meu Poder Superior.

O Passo 3 é minha garantia. O Passo 3 pode ser invocado a qualquer momento em que eu me sinta em dúvida ou perdido, ou sem forças. Entregar minha vida e minha vontade ao poder superior sempre vai me resgatar de qualquer ameaça. E a parte mais importante desse passo é: “como nós O concebíamos”.
Nós adictos fizemos da mentira e da enganação uma verdadeira obra de arte. Ninguém foi mais astuto do que nós para manipular os outros. Mas o preço permanente para isso é a sobriedade. Então temos que conceber um poder superior que funcione para manter nossa sobriedade. E quando vemos a beleza dos resultados de praticar esse programa, queremos conhecer mais e ficar mais engenhosos em praticar a arte de devoção a Deus. E nossa sobriedade passa a ser nossa grande obra de arte.

Meditação para o dia:
Buscarei o amor de Deus com engenho e arte. E tudo o mais me será acrescentado

Narração – Christian Simon
Edição – Antônio Leal
Produção – Marta Lima

© Videobes 2017

Na Categoria Meditações
Assista Também

Deixe seu comentário

Facebook
Twitter