Sou eu quem decide o que é bom para mim | Mensagem diária 26/out

Como eu era impulsivo e desenfreado, eu lidava com tudo de forma a não sentir medo e ignorava minha voz interior que dizia que aquilo não era bom pra mim. Eu tinha necessidade que as pessoas a minha volta soubessem que eu era destemido e corajoso e generoso.
Mas ter coragem não é fazer coisas estúpidas. Desde que me libertei da necessidade de aprovação, eu hoje posso decidir não fazer qualquer coisa que acredite que não é boa para mim.

Não preciso mais ir até o fim e provar que não sou covarde. Hoje posso ser covarde na opinião dos outros o quanto eu quiser, desde que siga minha voz interior e saiba que estou de acordo com ela.
Minha intuição pode se enganar, jamais serei perfeito ou adivinhador do futuro.

O importante é que hoje eu estou em harmonia com o que escolho para mim. E amanhã eu posso mudar de ideia porque só as pessoas inteligentes é que mudam. Quem é bitolado, se agarra a uma única ideia e se acha indestrutível por não ceder.

E sempre acaba assim. Surge uma necessidade de se anestesiar por ter que suportar tanta dor. E acaba se destruindo sem a ajuda de ninguém. Se destrói sozinho.

Sou o capitão da minha alma.

Sou eu quem decide o que é bom para mim. Mesmo que eu mude de ideia, estou reconciliado com meu universo. E a pessoa mais importante do meu universo sou eu mesmo. Quando cuido bem de mim mesmo, o universo se manifesta abundantemente em minha vida. Então lentamente vou compartilhando, semeando e distribuindo.

E mesmo que minhas doações não sejam frutificadas ou bem aproveitadas, mesmo assim eu as distribuo, sempre de acordo com minha voz interior.

Meditação para o dia
Valorize sua intuição, é sua mais preciosa ligação com a fonte divina!

Narração – Christian Simon
Edição – Tuco Silva
Produção – Marta Lima

© Videobes 2016

Na Categoria Meditações
Assista Também

Deixe seu comentário

Top do Mês
Facebook
Twitter