Um grupo tem poder. Vou aos grupos e recebo esse poder | Mensagem diária 06/fev

Todos meus comportamentos compulsivos tinham o objetivo de aliviar minha dor, minha tensão. Antes de praticar os 12 passos, eu tinha mitos questionamentos insolúveis, como: por que eu tinha nascido naquela família tão disfuncional? Ou por que tantas coisas ruins aconteciam comigo? Ou por que eu nunca conseguia o que queria? Por que as pessoas não funcionavam como eu desejava?

Havia tanta frustração e falta de perspectiva de dias melhores que eu enxergava minha vida cada dia pior, e cada dia; vinham mais problemas e dificuldades intransponíveis.

Havia em mim uma total falta de fé que minha vida voltasse a ser ou começasse a ser funcional. Havia falta de fé. E muito medo. Eu cheguei mesmo à conclusão de que minha vida não tinha qualquer sentido ou valor.

Comecei a frequentar as reuniões e ouvia as pessoas descrevendo exatamente o que eu sentia, e essas pessoas me garantiram que com os 12 passos elas conseguiram quebrar o padrão dos vícios. Cada uma a sua maneira, no seu tempo. Eu ia às reuniões e via pessoas sadias, felizes e de bem com suas vidas e até passando por dificuldades maiores que as minhas com a certeza de que tudo ia ficar bem.

Acontece sempre uma mágica que a gente não consegue explicar nas reuniões. Somos tomados por uma força e confiança que a gente não sabe de onde vem, mas muitos estão convencidos que é a verdadeira manifestação do poder superior. Um grupo tem poder. Vou aos grupos e recebo esse poder. Volto para minha casa, cheio de esperança, leve, e confiante de que estou no lugar certo do universo.

Meditação para o dia
Tenho fé que um poder superior vai me devolver a sanidade.

Narração – Christian Simon
Edição – Antônio Leal
Produção – Marta Lima

© Videobes 2017

Na Categoria Meditações
Assista Também

Deixe seu comentário

Facebook
Twitter